Notícias

Comando Conjunto Sul realiza transporte de alimentos para comunidades indígenas isoladas

COVID EB 20200619 NOT02 F01Porto Alegre (RS) – O Comando Conjunto Sul, por meio de militares do Comando Militar do Sul, atendeu pedido da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) para distribuição de cestas básicas para comunidades indígenas, no contexto das ações de enfrentamento à pandemia da COVID-19.

O trabalho foi realizado, nos dias 15 e 16 de junho, pelo 8° Esquadrão de Cavalaria Mecanizado (8º Esqd C Mec), que transportou os alimentos da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), do município de Canoas/RS, até oito comunidades indígenas da Região Metropolitana de Porto Alegre e Litoral Norte do Rio Grande do Sul. Como medida de proteção sanitária, para preservar os indígenas, os militares não entraram nas terras indígenas e higienizaram as cestas básicas antes de realizar as entregas.

A ação de distribuição das cestas básicas foi acompanhada por funcionários da FUNAI que, após o transporte pelo Exército Brasileiro, coordenaram as entregas às famílias.

A indigenista especializada da FUNAI, Tatiane Urzedo, ressaltou o apoio das Forças Armadas no trabalho logístico realizado, “é de suma importância o apoio prestado pelo Comando Conjunto Sul, já que é imprescindível zelar pela segurança alimentar dessa população que é notoriamente mais vulnerável. O trabalho das Forças Armadas imprime segurança e presteza na entrega emergencial desses alimentos em locais, na maioria das vezes, de difícil acesso”.

Algumas comunidades indígenas são afastadas de centros urbanos e tem difícil acesso. No município de Riozinho/RS, são pelos menos 40 famílias. O Cacique Felipe Brezoela, da aldeia Tekoa Pindoty, disse que a ajuda ameniza, já que muitas famílias estão sem a renda da venda de artesanatos, devido às restrições e comércio fechado em função da pandemia, “é muito importante e ficamos muito felizes com a ajuda do Exército. Nesse momento de pandemia, não se consegue sair para trabalhar, não se consegue ir para as cidades e essa ajuda nos deixa muito felizes. Vamos rezar muito para nosso Deus para que essa pandemia passe”, concluiu o Cacique.

Fonte: CMS