Notícias

Forças Armadas viabilizam vacinação de aproximadamente 240 mil indígenas

No apoio à vacinação contra a Covid-19, as Forças Armadas possibilitaram a aplicação do imunizante em 239.475 indígenas, sendo 103.492 em regiões de difícil acesso. Entre 20 e 22 de fevereiro, profissionais da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI) chegaram à região do Médio Rio Purus, no Amazonas, com apoio de aviões militares, para dar continuidade às ações de combate ao novo coronavírus.
Em muitas comunidades indígenas só é possível chegar de avião ou helicóptero e o apoio é prestado pelos Comandos Conjuntos (CCj), integrados por militares da Marinha, do Exército e da Aeronáutica. Desde o início da vacinação no Brasil, os Comandos Conjuntos do Rio Grande Norte e Paraíba, Amazônia, Norte, Nordeste e Oeste prestaram apoio aos Distritos Sanitários Especiais de Saúde Indígenas (DSEIs) do Alto Solimões e Alto Javari, Alto Juruá e Yanomami, Rio Negro e Médio Solimões, no Amazonas.

md 58A logística das Forças Armadas também beneficiou aldeias nos estados do Ceará, Alagoas e Sergipe. Em apoio à Fundação Nacional do Índio (FUNAI), o CCj Norte transportou insumos via rota fluvial no Pará.
Em paralelo às ações de vacinação, os Comandos Conjuntos auxiliaram órgãos de saúde e hospitais públicos em todas as regiões do País. As campanhas de conscientização ocorreram em 46 municípios e foram promovidas durante inspeções navais, patrulhamentos fluviais e postos de bloqueio.

Por Viviane Oliveira
Fotos: Divulgação