Notícias

Atletas olímpicos da Força Aérea Brasileira são imunizados contra a COVID-19

fab 6Os atletas olímpicos e paralímpicos brasileiros, incluindo os atletas militares da Força Aérea Brasileira (FAB), começaram a ser vacinados a partir desta sexta-feira (14), por meio de uma ação interministerial no Centro de Capacitação Física do Exército (CCFEx), localizado no Rio de Janeiro (RJ). A imunização ocorreu também nas capitais de São Paulo (SP), Brasília (DF), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS) e Belo Horizonte (MG). 

Participaram do evento o Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga; o Chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército, General de Exército André Luis Novaes Miranda; o Chefe do Centro de Capacitação Física do Exército, General de Brigada Ernesto de Lima Gil; o Diretor do Departamento de Desporto Militar e Presidente da Comissão Desportiva Militar do Brasil, Major-Brigadeiro do Ar José Isaias Augusto de Carvalho Neto; o Presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Paulo Wanderley Teixeira, além do Secretário Especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Marcelo Magalhães, e do Secretário Nacional de Esporte de Alto Rendimento, Bruno Souza.

fab 7A ação promovida entre os Ministérios da Defesa, Saúde e Cidadania, em coordenação com o Comitê Olímpico do Brasil (COB) e com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), favorecerá também a vacinação da população brasileira. Segundo o Ministro da Saúde, o excedente das vacinas foi doado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), e será destinado ao Programa Nacional de Imunização para beneficiar a sociedade.

O Presidente do COB reiterou que a cada dose aplicada em um membro da equipe técnica, dois cidadãos brasileiros seriam imunizados. A informação trouxe mais ânimo aos atletas que estavam presentes na campanha, a exemplo do Sargento da FAB Marcus Vinícius D´Almeida, atleta da modalidade tiro com arco, além de atletas militares da Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e atletas paralímpicos.

fab 8O Sargento Marcus Vinícius, um dos 19  atletas militares de alto rendimento da Instituição, ressaltou que neste período pandêmico, o suporte da FAB foi fundamental para manter a sua determinação e performance. “Falo por mim e pelos demais atletas da Força, que sem esse apoio institucional não seríamos profissionais no nível que somos hoje".

O militar ainda reforçou a concentração durante os treinos no período de pandemia no mundo. "A pandemia poderia ter derrubado os meus resultados, mas com a Força Aérea ao meu lado, mantive o foco. Cuidei da minha saúde, da minha preparação física e psicológica, e consegui aumentar o desempenho. Agora, imunizado, quero fazer a minha parte e trazer uma medalha para o Brasil”, enfatizou.

A campanha de vacinação dos atletas e paralímpicos marca significativamente suas vidas e renova a esperança de dias melhores para eles e para o Brasil. Os Jogos Olímpicos de Tóquio começam no dia 23 de julho e terminam no dia 8 de agosto.

Fotos: Soldado R. Menezes/CML